Diocese de Palmas e Francisco Beltrão

Bem Vindos, 19 de Novembro de 2017

Organização

► governo da igreja

  • Sua Santidade o Papa Francisco

    Sumo Pontífice

    O primeiro Papa veio das Américas é o jesuíta argentino Jorge Mario Bergoglio, 76, arcebispo de Buenos Aires desde 1998. É uma figura proeminente em todo o continente e um pastor simples e muito amado, em sua diocese, que tem viajado por toda parte, mesmo em metrô e ônibus.

    "O meu povo é pobre e eu sou um deles", disse ele uma vez para explicar a escolha de viver em um apartamento e preparar o jantar sozinho. Seus sacerdotes sempre recomendou portas coragem misericórdia, e aberto. A pior coisa que pode acontecer na Igreja, explicou, em algumas circunstâncias, "é que de Lubac chamado mundanismo espirituais" significa "colocar-se no centro." E quando ele menciona a justiça social, convida-o para assumir a catequese, os Dez Mandamentos e as Bem-aventuranças. Apesar do caráter reservado tornou-se um ponto de referência para a sua postura durante a crise econômica que abalou o país em 2001.

    Na capital argentina, nasceu 17 de dezembro de 1936, filho de imigrantes de Piemonte: seu pai Mario faz o contador, escriturário nos caminhos de ferro, enquanto sua mãe, a rainha Sivori, cuida da casa e da educação dos cinco filhos.

    Ele se formou em engenharia química, em seguida, escolhe o caminho do sacerdócio de entrar no seminário diocesano. A 11 março de 1958 passou o noviciado da Companhia de Jesus completou seus estudos clássicos no Chile e em 1963, retornou para a Argentina, ele se formou em filosofia na Faculdade de São José em São Miguel. Entre 1964 e 1965, é um professor de literatura e psicologia no Colégio da Imaculada Conceição de Santa Fé, em 1966, e ensinou os mesmos assuntos no colégio de Salvador, em Buenos Aires. De 1967 a 1970 estudou Teologia no Colégio São José já se formar.

    Em 13 de Dezembro de 1969, foi ordenado sacerdote por Dom José Ramón Castellano. Ele continua a preparação entre 1970 e 1971, na Espanha, e 22 de abril de 1973 fez sua profissão Final nos jesuítas. De volta a Argentina, é um mestre de noviços em Barilari Villa em San Miguel, professor da Faculdade de Teologia, consultor para a província da Companhia de Jesus e reitor do Colégio.

    Em 31 de Julho 1973, ele foi eleito provincial dos jesuítas na Argentina. Seis anos depois, retorna ao trabalho na academia, e entre 1980 e 1986, é o novo reitor do Colégio de São José, bem como ainda pastor em São Miguel. Em março de 1986, ele foi para a Alemanha para completar sua tese de doutorado, em seguida, enviá-lo no colégio do Salvador, em Buenos Aires e mais tarde na igreja da Sociedade, na cidade de Córdoba, como diretor espiritual e confessor.

    Você quer Cardeal Quarracino como seu colaborador próximo, em Buenos Aires. Então, 20 de maio de 1992 o Papa João Paulo II o nomeou bispo titular de Auca e Auxiliar de Buenos Aires. Em 27 de junho, recebendo a ordenação episcopal na Catedral pelo cardeal. Como escolher miserável atque lema eligendo nos braços e inserir o ihs cristogramma, símbolo da Companhia de Jesus é logo nomeado vigário episcopal da área de Flores e 21 dezembro de 1993 tornou-se vigário geral. Nenhuma surpresa, portanto, quando, 3 de junho de 1997, foi promovido a arcebispo coadjutor de Buenos Aires. Mesmo nos últimos nove meses, a morte do Cardeal Quarracino acontece com ele, 28 de fevereiro de 1998, como arcebispo primaz da Argentina, Ordinário para os fiéis do rito oriental residentes no país, grande chanceler da Universidade Católica.

    No Consistório de 21 de Fevereiro de 2001, o Papa João Paulo II o criou cardeal, com o título de São Roberto Belarmino. Em outubro de 2001 ele foi nomeado como relator-geral acrescentou à Assembléia décimo Geral do Sínodo dos Bispos dedicada ao ministério episcopal. Enquanto isso, na América Latina, a sua forma torna-se mais e mais populares. Declínios em 2002 tornou-se presidente da Conferência Episcopal da Argentina, mas três anos mais tarde, ele foi eleito e depois reeleito para mais três anos em 2008. Enquanto isso, em abril de 2005, ele participou do conclave que elegeu Bento XVI.

    Como arcebispo de Buenos Aires - três milhões de pessoas - pense em um projeto missionário focado em comunhão e evangelismo. Quatro objectivos principais: liderança comunidade aberta e fraterna de leigos conscientes; evangelização voltada para cada habitante da cidade, a assistência aos pobres e doentes. Convido os sacerdotes e os leigos a trabalhar juntos. Em setembro de 2009 lança campanha de solidariedade em todo o país para o bicentenário do país: 200 obras de caridade a ser alcançado até 2016. E, com continental, tem grandes esperanças na esteira da mensagem da Conferência de Aparecida, em 2007, para chamá-lo de "Evangelii nuntiandi da América Latina."

    L\\\'Osservatore Romano, LXIII Ano, Número 12

  • Sua Santidade o Papa Bento XVI

    Sumo Pontífice Emérito

    Nascido em Maktl Am Inn (Passau) Alemanha em 16 de abril de 1927. Ordenado sacerdote em 29 de junho de 1951. Eleito Arcebispo de Mônaco e Frisinga em 25 de março de 1977. Consagrado bispo em 28 de maio de 1977. Cardeal da Santa Igreja em 27 de junho de 1977. Eleito Papa em 19 de abril de 2005. Início solene do seu ministério de pastor universal da igreja em 24 de abril de 2005.

  • Exmo. E Revmo. Dom Giovanni D’Aniello

    Núncio Apostólico

    Dom Giovanni tem 57 anos, nasceu em Aversa (Itália), foi ordenado sacerdote em dezembro de 1978. É doutor em Direito Canônico. Ingressou no Serviço Diplomático da Santa Sé em 1983, tendo desempenhado a sua atividade junto às Representações Pontifícias do Burundi, Tailândia, Líbano, Brasil e Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, no Vaticano.
    Foi nomeado Núncio Apostólico na República Democrática do Congo, em 2001 em 2010, foi transferido para a Tailândia e Camboja.

  • Dom Sergio da Rocha

    Presidente

     Arcebispo de Brasília - DF
    Nascimento: 17/10/1959 Local: Dobrada-SP
    Filiação: Rubens da Rocha e Aparecida Veronezi da Rocha
    Ordenação Presbiteral: 14/12/1984 Local: Matão-SP
    Nomeação Episcopal: 13/06/2001
    Ordenação Episcopal: 11/08/2001 Local: São Carlos-SP
    Está no Cargo desde: 16/05/2011
    ESTUDOS
    Filosofia: Seminário Diocesano de São Carlos-SP (1980)
    Teologia: Instituto de Teologia da PUC/Campinas (1984)
    Especialização: Mestrado em Teologia Moral, Fac. N. Sra. Assunção-SP (1993)
    Doutoramento: Teologia Moral pela Academia Alfonsiana, Roma/Itália (1997)
    ATIVIDADES ANTES DO EPISCOPADO
    Pároco em Água Vermelha e Coord. da PJ de São Carlos-SP (1985 a 1986); Dir. espiritual do Sem. de Filosofia de São Carlos (1985 a 1986); Prof. de Filosofia no Sem. Dioc. (1985 a 1994); Dir. espiritual da Casa de Teologia, Campinas-SP (1986 a 1987 e 1991); Reitor do Sem. de Filosofia de São Carlos (1987 a 1998 e 1990); Coord. Dioc. da Pastoral Vocacional (1987 a 1989); Vig. paroquial da catedral (1988 a 1989) e da Paróquia N. Sra. de Fátima (1990), São Carlos; Coord. Dioc. de Pastoral e Reitor da Capela S. Judas Tadeus, São Carlos (1991 a 1994); Prof. de Teol. Moral da PUC/Campinas; Reitor do Sem. Teológico de São Carlos; da equipe de formação de Diáconos Permanentes, do Cons. Presbiteral e do Col. de Consultores, e Pároco de Água Vermelha e Santa Eudóxia, São Carlos.
    ATIVIDADES COMO BISPO
    Bispo Auxiliar de Fortaleza-CE (2001 a 2007); Arcebispo Coadjutor de Teresina-PI (2007 a 2008; Arcebispo de Teresina-PI (2008 a 2011); presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Doutrina da Fé (2011 a 2015); Comissão Episcopal do Mutirão de Superação de Miséria e da Fome; Sec. do Reg. Nordeste 1; Referencial da PJ e da Pastoral Vocacional do Reg. Nordeste 1; Presid. do Reg. Nordeste 4; Presid. do Depto. de Vocações e Ministérios do CELAM; do Cons. Permanente da CNBB e da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada (2007 a 2011).

    LEMA: "Omnia in caritate" (Tudo na caridade).

     

  • Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger

    Vice-Presidente

    Arcebispo de São Salvador da Bahia-BA, Primaz do Brasil
    Nascimento: 19/09/1943 Local: Brusque-SC
    Filiação: Oscar Gustavo Krieger e Olga Teresa de Carvalho Ramos Krieger
    Ordenação Presbiteral: 07/12/1969 Local: Brusque-SC
    Nomeação Episcopal: 16/02/1985
    Ordenação Episcopal: 28/04/1985 Local: Brusque-SC
    Está no Cargo desde: 12/01/2011
    ESTUDOS
    Filosofia: Convento SCJ, Brusque-SC
    Teologia: Instituto Teológico SCJ, Taubaté-SP
    Especialização: Curso de Espiritualidade em Roma/Itália
    Outros Cursos: Letras, Faculdade Anchieta, em São Paulo-SP
    ATIVIDADES ANTES DO EPISCOPADO
    Responsável pela Pastoral da Juventude, em Taubaté-SP; Reitor do Instituto Teológico SCJ,em Taubaté-SP; Superior Provincial da Província Brasileira Meriodional da Congregação dos Padres do SCJ (Dehonianos).
    ATIVIDADES COMO BISPO
    Bispo Auxiliar de Florianópolis -SC (1985 a 1991); Bispo de Ponta Grossa-PR (1991 a 1997); Presidente do Regional Sul 2 (1995 a 1999 e 1999 a 2002); Arcebispo de Maringá-PR (1997 a 2002); Presidente do Regional Sul 4 (2007 a 2011); Arcebispo de Florianópolis-SC (2002 a 2011); membro da Conselho de Administração da Fundação Autônoma Populorum Progressio.
    LEMA: "Deus caritas est" (Deus é amor) 1Jo 4,16.

  • Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner, OFM

    Secretário Geral

    Bispo Auxiliar de Brasília - DF
    Nascimento: 06/11/1950 Local: Forquilhinha-SC / Brasil
    Filiação: Leonardo Steiner e Carlota Arns Steiner
    Profissão Religiosa: 20/01/1973
    Ordenação Presbiteral: 21/01/1978 Local: Forquilhinha
    Nomeação Episcopal: 02/02/2005
    Ordenação Episcopal: 16/04/2005 Local: Blumenau-SC
    Está no Cargo desde: 01/05/2005
    ESTUDOS
    Filosofia: Instituto Franciscano de Filosofia e Teologia (ITF) da Província Franciscana da Imaculada Conceição, em Petrópolis, RJ.
    Teologia: Instituto Franciscano de Filosofia e Teologia (ITF) da Província Franciscana da Imaculada Conceição, em Petrópolis-RJ.
    Especialização: Mestrado em Filosofia junto a Pontifícia Universidade Autonianum.
    Doutoramento: Doutorado em Filosofia em 2001 junto à Pontifícia Universidade Antonianum.
    Outros Cursos: Licenciatura em Filosofia junto à Faculdade Salesiana de Filosofia Ciências e Letras, Lorena, São Paulo. Licenciatura em Pedagogia com habilitação em Administração Escolar, Orientação Educacional, Supervisão Escolar e Magistério Universidade Sagrado Coração, Bauru, SP e o grau de Bacharelado em Pedagogia. Cursou a Escola Superior de Estudos Medievais e Franciscanos no Pontifícia Universidade Antonianum.
    ATIVIDADES ANTES DO EPISCOPADO
    Professor (1973-1977) e Orientador Educacional (1976-1977) no Colégio dos Meninos Cantores de Petrópolis; Mestre dos postulantes; Professor e Orientador Educacional no Seminário Santo Antônio; Mestre dos Noviços e Mestre dos Irmãos de profissão temporária; Vigário Paroquial junto às Paróquias de São Benedito, Guaratinguetá, SP, São Paulo Apóstolo, Agudos, SP, e São Francisco de Assis, Rodeio, SC; Secretário para a Formação e Estudos da Província da Imaculada Conceição; Conselheiro Espiritual das Equipes de Nossa Senhora; Capelão do Mosteiro de Nazaré das Clarissas; Membro da primeira Comissão pro Ratio Studiorum da Ordem dos Frades Menores; Visitador Geral para a Província São Francisco de Assis no Rio Grande do Sul, Brasil; Secretário Geral do Pontifício Ateneo Antonianum; Professor de Filosofia da Religião da Pontifícia Universidade Antonianum na qualidade de prof. Visitante; Vigário Paroquial da Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Perdões, na Arquidiocese de Curitiba, PR, e professor na Faculdade de Filosofia São Boaventura, da Associação Bom Jesus.
    ATIVIDADES COMO BISPO
    Bispo de São Félix-MT (2005 a 2011); Vice-presid. do Reg. Oeste 2 (2008 a 2011); membro da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada (2008 a 2011); Referencial para os Presbíteros, para o CIMI e para os jovens, no Regional Oeste 2, Secretário Geral da CNBB (2011 a 2015 e 2015 a 2019).
    LEMA: "Verbo feito carne".

     

  • Dom Mauro Aparecido dos Santos

    Presidente Regional Sul II

    Arcebispo de Cascavel - PR
    Dom Mauro Aparecido dos Santos
    Pai: Acácio Aparecido dos Santos - falecido
    Mãe: Madalena Aparecida de Moraes - falecida
    Nascimento: 09-11-1954 em Fartura - SP
    Residiu em Jacarezinho - PR no período de 28-02-1958 até 31-08-1998
    Ordenado Presbítero na Catedral de Jacarezinho no dia 13-05-1984 por Dom Conrado Walter
    Ordenado Bispo na Catedral de Jacarezinho no dia 14-08-1998 por Dom Conrado Walter
    Lema Episcopal: "Vem e Segue-me" (Lc 18,22)

  • Dom Geremias Steinmetz

    Secretário

    Bispo Diocesano de Paranavaí - PR
    Nasceu em Sede Ouro - Sulina - Paraná - 26 de fevereiro de 1965

    Ordenação Presbiteral - 09 de fevereiro de 1991

    Ordenação Episcopal - 25 de março de 2011

    Posse canônica em Paranavaí - 09 de abril de 2011

     

© 2010 - Curia Diocesana - Diocese de Palmas/Fco. Beltrão - PR.

Rua Dr. Bernardo Ribeiro Vianna, 903
Sala 214 - Cx. Postal: 50
85555-000 - Palmas - PR
Fone: (46)3263-1134
Fax : (46)3262-1511